Só Não Vendo Mamãe

Vendeu os cachorros e assassinou a gramática.

Olá desgarrados leitores deste blog. Perdoem minha ausência, mas é o mal (bem) da chegada da viagem que não nos dá tempo para fazer mais quase nada.

Ainda bem que as coisas estão acontecendo. Na última sexta (28/01/11), fechamos contrato do aluguel com a imobiliária pela manhã e à tarde já veio um casal visitar nosso apto e, ao que tudo indica, vão ficar com ele sim. Além disso, ainda querem comprar os móveis do nosso quarto. Perfeito, não? Bom, nem tanto, porque queríamos muito que comprassem nosso fogão, que é de embutir, mas já disseram que não. Tudo bem, não se pode ter tudo. Quero dizer, vender tudo.

Também conseguimos vender um de nossos carros e apesar de não ter sido exatamente pelo valor que desejávamos, pelo menos foi para um casal parente de uma amiga de minha esposa. Pessoas totalmente do bem que pagaram tudo direitinho, sem enrolada nem dor de cabeça, que era o que eu mais temia nesse negócio chato que é vender carro. Com essa grana quitamos o outro que estava no leasing (um péssimo negócio, por sinal) e vamos vendê-lo até o final da semana que vem (espero).

E por falar em vender, o título desse post também é o nome do site que montei para vendermos nossas coisas:

http://sonaovendomamae.weebly.com

Passei um tempo pesquisando e até perguntei sobre isso (sites de bazar) em alguns dos grupos de imigração. Me indicaram o www.weebly.com e recomendo. Muito fácil e prático de usar. Agora, voltando ao nosso site-bazar, foi a melhor coisa que já fizemos. As pessoas olham os produtos, ficam sabendo dos detalhes (e defeitos) de cada objeto e se tiverem interesse, mandam um email e depois fazem uma transferência pra uma de nossas contas. Bem, ou quase isso, porque sempre tem aqueles que passam muito mais que dois dias (prazo que estipulamos para o pagamento) para pagar e ainda querem que a gente vá entregar o produto mesmo sabendo que no site explica que o (in)feliz comprador deve vir aqui em casa buscá-lo.

Mesmo assim, o site nos dá a tranquilidade de não viver situações como as que já vi relatadas em outros blogs de uma pessoa que vai à sua casa para olhar algo e chega com dez outros estranhos, inclusive crianças, que começam a entrar em seu apartamento e mexer nas coisas. Uma encheção de saco (e falta de educação) sem tamanho.

E o site tem funcionado que é uma beleza. Já conseguimos vender praticamente todas as coisas grandes como móveis e eletrodomésticos. Exceto pelo fogão, que é de embutir. Fora isso, o que sobra é coisa pequena que se não vendermos, vamos doar ou, no caso de várias coisas inox, vamos levar mesmo.

Pois é isso. Se você também está quase na fase de vender as coisas pra ir embora, monte um site que vale a pena. Dá um trabalhão (é um saco fotografar, pesquisar preço de tudo e descrever cada objeto), mas compensa. E se você mora em Fortaleza e não está no processo de imigração para o Canadá… o que você tá fazendo aqui?!! Brincadeirinha. Isso não me importa. Desde que você acesse o site e faça umas comprinhas. 😉

Abração,

Casão

Anúncios

2 Responses to “Só Não Vendo Mamãe”


  1. 1 Cesar fevereiro 2, 2011 às 5:15 pm

    Desejo toda sorte na operacao vendas.

    E a vida segue…

  2. 2 Gabriel fevereiro 14, 2011 às 2:27 pm

    Grande Casão.. ta chegando hein! Me manda os dados do voo! Vamos ver se um de nos consegue estar lá pra recebe-los… 😉


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Canadian life

Quem somos

Tiquinho

Casal cearense com um filho daschund rumo ao Canadá, em busca de mais segurança, qualidade de vida e esquilos pra perseguir. :D

Siga Suando Frio via Twitter

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.


%d blogueiros gostam disto: